passaro

NO AR

NO AR
Clique e assista

Visite o maior Shopping Online do Brasil

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Carta aos eleitores do Dep: Paulo Paulo Melo no Faceboock

Garanto a vocês: nunca pertenci a nenhuma organização. Fui é do governo do Sérgio Cabral, com certeza o governador que mais obras e serviços fez no Estado do Rio, em especial à Região dos Lagos.


Meus amigos e colaboradores, quero aqui agradecer as mensagens de carinho e de conforto, e dar algumas explicações, que acho pertinentes pelo calor do momento. É uma oportunidade de reafirmar meu compromisso com meus 132 mil eleitores e tantos colaboradores.

A minha biografia como parlamentar não combina com caixinha de empresário de ônibus. Sempre votei contra os interesses dos donos de ônibus e empreiteiros e fiquei a favor dos passageiros. É histórico. Podem olhar todas as minhas leis e emendas. Verão que defendi a gratuidade nas passagens dos deficientes, idosos e estudantes, relatei o projeto que obrigou as empresas a fazer licitação de linhas e revogar antigas concessões, votei determinando a devolução de cada centavo que, no decorrer de anos, os usuários deixaram no bilhete único e foram ilegalmente para o caixa da Fetranspor. Falamos aqui em R$ 90 milhões, muito dinheiro que os empresários tiveram que devolver ao governo do Rio de Janeiro. Esta postura não combina com a acusação que agora tentam me imputar.

Como a classe política anda desacreditada, criminosos tentam se livrar da cadeia atribuindo crime aos outros na esperança de ficar impunes. Assim acontece comigo. Estou sendo acusado por duas pessoas que sequer me conhecem. E falo com total transparência, baseado na análise isenta dos meus advogados. Melhor do que eu, eles podem descrever mais de 20 furos e mentiras encontrados nos depoimentos dos delatores. Já eu, sem o brilhantismo do meio acadêmico, posso assegurar: nunca recebi nenhum centavo de empresários de ônibus. Sempre os tratei como representantes de classe. Fui cortes, ouvi suas queixas, como faço com qualquer membro da sociedade, seja pobre ou rico. Nem um milímetro a mais de intimidade. Nunca participei de festas ou fui a casa de qualquer um destes empresários.

Também é bom, meus amigos, compreender o rito da investigação. O que existe até agora é apenas a denúncia de dois delatores, sem qualquer documento comprobatório, e nem houve investigação. Agora é que teremos a abertura de um inquérito, onde o Ministério Público e a polícia poderão, enfim, levantar e confrontar dados para saber se há alguma veracidade nessa história. Junto será analisada a minha defesa e, só então, o material será encaminhado à Justiça para decidir se haverá um processo ou não. Não existe nenhum tipo de condenação ou denúncia apresentada pelo Ministério Público. Por isso afirmei que não haveria necessidade da corte chegar a medida tão dura como a adotada na quinta-feira. Sempre estarei pronto para colaborar com a Justiça e responderei a cada indagação. Nunca me escondi ou recusei a colaborar com qualquer apuração.

Aos que tentam buscar no meu patrimônio uma desconfiança, explico aqui que sempre fui empreendedor. Pequeno, é verdade, mas que me garantiu uma renda extra. Nunca tive casa ou empresas fora do país ou mantenho mansões em áreas ricas do Rio. Sempre morei em Saquarema, onde construir uma vida boa e de conforto. A minha casa, construída em 1997, é a mesma onde moro todos estes anos. Lembro, ainda, que a minha família tem hábitos modestos, meus filhos nunca ostentaram riqueza, poder ou têm boquinha no setor público.

Meu patrimônio, por denúncias de adversários, já foi até alvo de apuração do Ministério Público, onde se constatou que os bens estavam dentro do meu padrão financeiro. Para saber a razão do sucesso, basta perguntar a qualquer morador da Região dos Lagos, que eles conhecerão alguém que comprou ou sabe de um imóvel ou condomínio construídos pela minha empresa, que é pequena é verdade, mas garante meu pé de meia. Mais: pode perguntar a qualquer um a quantidade de obras e benefícios que levei à região. Não há milagre aqui, o que há é trabalho. Acordo todos os dias ‪às 5h‬ e vou dormir depois do Jornal da Globo.

É natural, que neste momento sofrido, os adversários tente se aproveitar o burburinho da denúncia para lançar uma ofensiva à minha honra e da minha família. Contam mentiras para enganar as pessoas e continuam a ludibriar a população e sua boa índole. As histórias machucam e abatem, mas não me tiram a força de continuar a lutar. Lembro, que muitos do que agora me acusam, já trabalharam comigo e sabem bem como é a minha forma séria de agir e trabalhar.

Por fim, garanto a vocês: nunca pertenci a nenhuma organização. Fui é do governo do Sérgio Cabral, com certeza o governador que mais obras e serviços fez no Estado do Rio, em especial à Região dos Lagos. Deixou um legado incrível de estradas, hospitais, casas populares e escola. Podemos fazer críticas e, se houve erro, ele irá pagar. O que não podemos é dizer que foi tudo errado e, o mais grave, que quem trabalhou no governo e pelo governo é criminoso. Várias pessoas do bem contribuíram para o sucesso do governo, que colocou o Rio mapa do turismo, reduziu o crime, implantou uma nova rede de saúde pública e fez cair a evasão escolar. Tenho orgulho de ter contribuído para este período de crescimento do Estado.

Obrigado a todos e uma ótima semana.

Nenhum comentário:

Compra Fácil com Galdinosaqua